. . Mania de Organizar e Viver Saudável: Março 2011

28/03/2011

Receita de Bolo de Milho Light





Acordei inspirada para preparar um bolo de milho.  Gosto de preparar na forma redonda porque em minha opinião, o bolo fica mais bonito. 
Na internet há uma infinidade de receitas de bolos saborosos e outros nem tanto. O Google colaborou com minha pesquisa e encontrei essa no Blog do Mauro Rebelo (aqui).



Ingredientes:

1 lata de milho verde, previamente escorrido
1 lata de flocos de milho pré-cozidos (usar a lata do milho como medida)
1 lata de açúcar (usar a lata do milho como medida)
1 lata de leite (usar a lata do milho como medida)
1/2 lata de óleo (usar a lata do milho como medida)
1 colher (sopa) de fermento em pó
3 ovos
50g de coco ralado


Modo de Preparo:

Bater tudo no liquidificador e colocar em uma forma untada com margarina e polvilhada com os flocos de milho pré-cozidos.
Assar em forno pré-aquecido em temperatura baixa até corar e que enfiando um palito, ele saia sem massa grudada.

Dica do site citado: Pode-se colocar no lugar do leite, leite de coco. Deixa o bolo mais molhadinho.

Ficou delicioso!


23/03/2011

O que não pode faltar em minha despensa

Bom dia pessoal! Ando meio ausente por causa de outros compromissos, mas vim mostrar algo que não pode faltar em minha despensa para não ficar comendo bobagens, opções de lanchinhos saudáveis. Em minhas compras, sempre adquiro esses produtos.
Os lanches da manhã e da tarde, entre o café da manhã, almoço e jantar, principais refeições, evitam que se vá com muita fome para a mesa. Essas opções que mostro, servem para carregar na bolsa, assim como queijinho tipo Polenguinho (não precisa guardar na geladeira), fatia de bolo e as frutas secas que podem ser levadas em potinhos pequenos. Há também como opções, iogurte, gelatina e as frutas frescas que considero melhor consumir em casa (exceto banana e maçã), a não ser que tenha geladeira no local onde você estiver.




Biscoito integral em pacotinhos separados para não cair na tentação de comer muito.
Gosto de barrinha de cereais com chocolate, mas com o calor ela derrete e meleca a embalagem quando abro. A opção é guardar na geladeira.
A barrinha da Bauducco com recheio de chocolate (tem outras opções de sabores), tem só 90 kcal, então gosto de ter também para aquelas horas em que dá aquela fissura por doce, após as refeições.
Sei que existem muitas opções de lanchinhos, mas essas são as que utilizo. 
Bem, por hoje é só. Beijos para vocês.

Quel

16/03/2011

Meu coração está apertado



Estou com o coração apertado com tudo o que está acontecendo no Japão.




Tenho uma amiga de faculdade, Marli, que mora em Iwata. Tenho acompanhado alguns comentários que posta em seu Facebook. Veja o que comentou ontem:




Hoje, publicou duas fotos em seu mural que me deixaram muito preocupada. 






Bem, o que posso fazer é pedir a Deus que guarde minha amiga e toda sua família. E que o Japão seja reerguido em breve.


video

Espero poder postar em breve boas notícias sobre minha amiga e que tudo se acalme. 


Aqui no Brasil, nem bem a Região Serrana começou a se recuperar, já temos notícias de novas enchentes,  no Sudeste e no Sul, queda de barreiras deixando estradas destruídas, etc 
Nessa hora, além de orar, podemos praticar a solidariedade. Se você quiser ajudar, entra no Blog Solidário que a Elaine Gaspareto e a Luci Cardinelli administram, para saber como fazê-lo.


Beijos preocupados, meus queridos leitores.

Quel

14/03/2011

Doces light - Dieta coletiva



Se tem algo sem o qual não sobreviveria, é o doce. Esse é o "grande" motivo da minha luta com a balança. Por isso, hoje posto aqui uma receita que agrada a família inteira ou pelo menos agrada a minha. O meu modo de preparo é um pouco diferente. 


Arroz doce light


Essa receita foi copiada do livro Doces Light by Lucília Diniz. Comprei-o há mais de dois anos, mas ainda preciso explorá-lo melhor. Tem muitas receitas boas e a dedicatória é pra mim.
Vejam parte dessa dedicatória: “Dedico este livro a você que, como eu, tem fome de vida. Uma fome que não encontra saciedade na comida, e sim na busca pelo alimento que provê de satisfação plena o corpo e a alma. A você, que entende “doce” como adjetivo de doçura e enxerga virtude onde os outros vêem açúcar.”
A autora fala um pouco sobre sua trajetória de vida com os alimentos. Explica sobre o conceito Light de cozinhar. E conta sobre seu romance com as frutas, iniciando pelo mamão. Se quiser ver o site dela, clique aqui.
Como sou formiguinha, encontrei o livro certo para minha saciedade, porque tem até Torta de Limão que ainda vou fazer.



Arroz doce light
1 copo de arroz lavado
2 copos de água fria
1 litro de leite desnatado
1 colher de sopa de adoçante culinário
1 casca de limão
4 colheres de sopa de leite desnatado em pó
canela em pó para polvilhar
Modo de preparo:
Coloque o arroz e a água em uma panela e deixe de molho por uma hora. Leve ao fogo.
Quando o arroz secar, acrescente o leite aos poucos. Junte o adoçante e a casca de limão.
Quando o arroz estiver cozido retire do fogo e acrescente o leite em pó. Sirva polvilhado com canela.


Como preparo meu arroz doce:
Coloco o arroz (compro o que não precisa lavar e não deixo de molho) com o leite numa panela de pressão (porque é grande) para amolecê-lo, sem tampar, mexendo com colher de pau de vez em quando para não grudar. Quando começa a secar, acrescento um copo de água e deixo ferver um pouco mais até sentir que o arroz está bem molinho. Junto então o adoçante e deixo ferver um pouco mais. Não coloco casca de limão e nem o leite em pó. Apago o fogo e misturo uma caixinha de creme de leite light.


Para as que querem engordar, ao invés do adoçante, coloque leite condensado e acrescente 1 vidro pequeno de leite de côco. Fica delicioso também.


Beijo, pessoal!

Raquel Trindade

12/03/2011

Blogagem coletiva do esmalte Lilac Sky (genérico) - Organização de esmaltes

Tentei chegar perto da cor desse esmalte da Chanel, mas não foi fácil. Fiz vários testes, mas demorei a encontrar um que na minha opinião estivesse próximo. Utilizei o Záz da Impala, mas não consegui passar um perolado transparente para ficar do jeito que eu imaginava. Acabei usando o Flor do Campo da Avon Color Trend por cima. Mas a maior dificuldade mesmo foi fotografar, porque minha câmera alterava a cor. Não fiquei totalmente satisfeita, mas ficou bonito na minha mão.





Minha filha começou a curtir esmaltes antes de mim e então começamos a comprar. Mas chega uma hora que é necessário organizar para ficar mais fácil encontrar o que se quer.
Como prometi antes, hoje vou mostrar como organizamos nossos esmaltes. Achamos em São Paulo uma caixa grande decorada, lindinha. Quando fechada, fica presa com um elástico numa joaninha muito fofa. Nesse caso, a organizadora é minha filha mesmo. Tem uma paciência! Quando compramos esmaltes novos, tira todos da caixa e coloca organizadamente por marca e cor. Os outros utensílios como lixas, palitos, algodão, amolecedor de cutícula, etc., ficam numa outra caixa de plástico. Nesta foto, os últimos esmaltes adquiridos ainda não estavam inseridos na coleção e podem ser vistos à direita.


Caixa organizadora de esmaltes

Caixa de esmaltes, fechada.


Bom pessoal, se quiserem ver como a mulherada conseguiu chegar perto desse esmalte lindíssimo, porém caríssimo que é o Chanel Lilac Sky. Dê uma chegada no blog da Fernanda Reali e veja as fotos da blogagem coletiva.
Boa noite e bom fim de semana. Beijos.

Raquel Trindade

11/03/2011

A Rede Social mexendo com nossa história


No sábado de carnaval tive um dos encontros inesquecíveis da minha vida. Eu e um grupo de amigos que nos conhecemos há quase 27 anos, marcamos um encontro para matar as saudades e atualizar informações a respeito de nossas vidas. Foram 24 amigos que sorriram, choraram e se divertiram relembrando da convivência entre todos num período importante de nossas vidas, cuja maioria estava ainda na adolescência. Frequentávamos a mesma igreja.
O que nos permitiu esse reencontro? A Internet, mas mais especificamente, o Facebook.

Parece que depois que o filme A Rede Social foi exibido no Brasil (conta a história de como foi criado o Facebook), muitos brasileiros se interessaram em experimentá-lo. Você já deve ter ouvido nos meios de comunicação que os brasileiros usam (ou usavam) mais o Orkut. Eu já era cadastrada há algum tempo no Face (já estou íntima dele), mas não usava. Esqueci a senha, mas recebia e-mail de vez em quando para que interagisse com alguns amigos. Não conseguia fazer um novo cadastro porque me avisavam que eu já tinha um perfil com meu e-mail. Resolvi então cancelar o perfil, aí então ele foi reativado sem mais nem menos.

Tudo começou quando criei um álbum em meu perfil pessoal, chamado Momento Retrô. Postei uma foto de 1987 e comecei a marcar o rosto de quem já era meu amigo no Face. Então, começamos a adicionar os que fomos encontrando e também alguns começaram a postar as fotos que tinham dessa época. 
Surgiu então a ideia ou a necessidade de criarmos um Grupo (no Orkut se chama Comunidade) para com mais privacidade compartilharmos nossas fotos. E virou uma brincadeira muito legal, porque muitos abriram seus baús (de fotos e lembranças) e começamos a comentar situações que vivemos juntos quando cada foto era publicada.
Aos poucos fomos encontrando mais pessoas na rede ou convidando por e-mail para que entrassem no Face. Decidimos nos encontrar pessoalmente para matar as saudades. Alguns moram fora do Brasil e só puderam acompanhar pela Internet os detalhes do encontro e depois as fotos publicadas. Outros moram em outras cidades e vieram nos encontrar.
Fiz então a reserva numa padaria que serve um Chá da Tarde delicioso para o encontro.

Foi muito emocionante! Cada abraço, cada beijo, cada olhar, cada palavra, foram especiais e cheios de amor e carinho. Quando chegava mais um era uma festa, porque todos queriam abraçar, conversar... E os cliques, então? Além de chorar, rir, se emocionar, ainda tínhamos que posar para as fotos. Foi muito legal mesmo! Inesquecível! Inenarrável!

E o que nos impulsionou a isso? O amor de Deus que nos uniu nos anos 80 e que ainda nos une nos dias de hoje. Vejam esses momentos que divido aqui, com carinho.


O grupo quase inteiro, porque um dos amigos tirou a foto.

Choro de emoção.

Alegria por estarmos juntos.
Algumas fotos "retrô" sendo vistas.

A incentivadora: "vamos abrir um grupo?" "vamos nos encontrar?" E eu fui providenciando tudo.

Salgados, doces, bebidas, tudo delicioso.

Antes de irmos embora, uma última foto.

O próximo encontro já foi marcado para o feriado de abril, quando um dos amigos que mora fora do Brasil, virá visitar sua mãe e quer nos ver pessoalmente. Só falta definir o local, porque a maioria achou o tempo de três horas muito pouco para colocar as conversas em dia. A sugestão é passarmos um dia inteiro juntos, com café da manhã, almoço e lanche da tarde. Vamos ver se conseguimos realizar esse desejo.
Um forte abraço virtual em todos vocês, meus amigos da Internet. É muito bom ter amigos e valorizo todas as amizades que faço, virtuais ou não. Acrescentam sempre algo em minha história de vida, e isso me deixa mais feliz.


Quel

09/03/2011

Um dia muito especial

Num dos fins de semana de muito sol e calor, resolvi aproveitar bem o dia de sábado e curti-lo ao máximo.
No período da manhã fui com minha filha ao centro da cidade para comprar roupas. Caminhamos pelo centro, olhamos algumas vitrines, fomos ao banco e a algumas lojas de roupas.

Bonde turístico - passeio pelo centro histórico.

Fomos também a uma loja de cosméticos que tem muitos itens para cuidar das unhas. Experimentamos e compramos alguns esmaltes, compramos outros itens e vi como funcionavam os carimbos de unhas.
Aproveitamos para comer um pastel no Café Carioca que fica na praça Mauá (a praça onde fica a Prefeitura de Santos). Quem vem a Santos, tem que experimentar. Eu gosto do de carne, mas nesse dia esqueceram de colocar a azeitona preta. Reclamei com o garçom, afinal para mim, esse é o diferencial desse pastel. 

Pastel do Carioca

No final da tarde, fui caminhar com meu marido na praia empurrando água. Esse tipo de caminhada é um exercício super saudável para o corpo e para a cabeça. Levei minha máquina fotográfica e registrei algumas imagens.

Excelente exercício - caminhada na água.

Policiamento ostensivo na orla durante o verão.

Ponte (rampa) sobre um dos canais.

Prédios tortos da orla de Santos.

Pôr do sol - Ilha Porchat (S.Vicente) ao fundo.

Esse foi um dia ainda no horário de verão, então quando tirei essa última foto, pelo horário já seria noite.
Não é demais fazer uma caminhada com um visual desse? 

Bom restante de semana para nós. Acabou o carnaval, agora o Brasil anda!
Beijos, minhas amiguinhas e amiguinhos. 

Quel

08/03/2011

Presentes alegram o coração

Hoje quero mostrar aqui um presente muito legal de um sorteio do qual participei e fui a ganhadora. Me inscrevi no blog Casa com Açúcar, da Lia Houf  e foi uma surpresa muito boa quando ela me avisou de que havia sito sorteada. Já havia me inscrito em vários sorteios e nunca era sorteada em nenhum, por isso fiquei muito feliz. O presente é lindo e quem ofereceu para ser sorteado foi a Joana do blog Joana Banana Design que possui uma loja virtual com sua mãe e irmã, a Elo7. Dá uma olhadinha na loja porque vale a pena, tem produtos lindíssimos. Lia e Joana, obrigada pela linda almofada de madrepérola. Amei!


Detalhes do enfeite.


Como ficou colocada no ambiente.


Selinho

Recebi mais um selinho. Veja que lindinho!


A regra é destacar o nome da pessoa de quem você ganhou e indicar 10 blogueiras.
Então o destaque: Renata do Palpitando em Tudo
Quanto às 10 blogueiras, fico sem graça de escolher somente algumas. Então, vou quebrar essa regra e dedicar à todas as minhas amigas leitoras, blogueiras ou não. Vocês são importantes pra mim. Então, sintam-se à vontade para levar esse selinho.

Beijos, pessoal! E bom restante de semana.


Quel

06/03/2011

Muito brilho - Blogagem Coletiva de Esmaltes

Dessa vez resolvi experimentar unhas postiças, porque nunca tinha usado. Aliás, até novembro do ano passado eu só passava base, de vez em quando. Pintar? Só quando tinha festa. Mas, minha visão mudou, graças ao incentivo da Fernanda Reali do blog que leva o mesmo nome (veja aqui) e outras blogueiras.
Comprei um pacote por R$ 1,00 na Sumirê e logo no início da semana, brinquei com elas. Gostei do efeito que deu. Unhas um pouco mais largas, mas não consegui deixá-las grandes, só 2 mm maiores que as minhas. Acho que minha mão fica esquisita com unhas grandes. Colei direitinho, mas não duraram muito na minha mão, só uns dois dias no máximo.
Passei duas camadas do Mohda Luzes Holográficas Brilhante.



Minha filha também entrou nessa (não de unhas postiças) e experimentou preto fosco da Risqué Fast Fashion com o Mohda Luzes Holográficas Brilhante.







Mas, como minhas unhas postiças não ficaram muito tempo grudadas, resolvi escolher outra cor para o fim de semana e fazer uma combinação com muito brilho também. 
Passei duas camadas da cor Frente Única da Mohda fosco e uma camada do Impala SPFW na mira 3D. Minha filha passou três camadas do mesmo Impala. Ela estava maluca pra comprar a coleção e já temos todos da SPFW. Vai faltar mãos pra usar tantos esmaltes. rsrs



Ontem e hoje adquirimos mais alguns esmaltes e falei pra minha filha: chega! Agora, só no fim do ano. Disse isso de brincadeira, porque sei que vai ser difícil segurar essa onda.
Temos uma caixa enorme que já está mais da metade completa. No próximo post sobre esmaltes, postarei a foto da caixa.
Como tinha um encontro com amigos e amigas antigos(as) no final da tarde, comprei várias cores de esmaltes da Impala para dar de presente para as "meninas". Digo meninas entre aspas, porque a mais novinha tem 44 anos.
Distribuí no final do encontro, elas amaram e até tiramos uma foto.


Pretendo postar fotos desse encontro com meus amigos na semana que vem. Espero conseguir.
Que tal aproveitar agora e observar o "glamour" da blogagem coletiva de esmaltes? Clica aqui pra ver como as blogueiras se esmeraram e deram um show!
Bom domingo a todos e bom final de semana prolongado. Um abraço.

Raquel Trindade

04/03/2011

Rever pessoas especiais deixa nossa vida um pouco mais feliz

No final de fevereiro recebemos a visita de duas pessoas muito especiais: meu cunhado Paulo (irmão do meu marido) e sua esposa. A Patrícia, do lado da família do meu marido, é uma cunhada que não é só cunhada, considero-a amiga. Graças a Deus tenho mais de uma assim, mas da outra eu falo em outra oportunidade. Como moram em Belém/Pará, nos vemos no máximo uma vez por ano. Estiveram aqui em casa por uma noite e aproveitamos para sair e jantar. Eles queriam comer peixe e demos a sugestão de ir ao Restaurante Terraço, que fica na Ilha Porchat, em São Vicente, porque lá tem uma vista linda da praia e a comida é deliciosa. 







O prato escolhido foi um peixe que se chama meca. Estava tudo uma delícia.
O prato típico original da cidade de Santos, a Meca Santista é com a meca grelhada, farofa de banana e risoto de pupunha pra acompanhar (veja receitas aqui). 
Bem, com esse prato, acabei escorregando na dieta, mas não exagerei na quantidade e isso já foi uma vitória.


Meca grelhada com arroz a grega e fritas.

Foi uma noite especial. Foram embora no dia seguinte, mas pudemos curtir a presença deles pelo menos um pouquinho. Matamos as saudades. Ficou combinado que em breve nós iremos até Belém para visitá-los.
Como é bom rever as pessoas que amamos!

E, por falar em saudades, ando com saudades das minhas(meus) amiguinhas(os) blogueiras(os) e leitoras(es). Tenho tido dias muito corridos, mas não esqueci de vocês. Até mais. Beijos.